Condicionador de Sensor Indutivo CSI-1
Converte o sinal proveniente de um sensor indutivo ou saída W do alternador para um sinal
compatível com a nossa linha de contagiros e velocímetros.
  • CÓDIGO: 147.0.0.0.0

PREÇO R$: 80,00  Comprar

 Manual de instruções  Conheça as características desse produto
Modo de funcionamento 1:
Conversor/condicionador de sinais senoidais para uso de contagiros em veículos Diesel.
Este modo permite converter o sinal de rotação proveniente de um sensor do tipo indutivo(dois fios) ou de um alternador e aplicá-lo em qualquer contagiros ODG.
Neste modo o conversor irá transformar o sinal lido em um sinal equivalente ao proveniente do distribuidor hall de um veículo 4 cilindros à gasolina (ciclo Otto).

Modo de funcionamento 2:
Conversor/condicionador de sinais senoidais, para uso de velocímetros ODG em conjunto com um sensor do tipo indutivo (dois fios).
Permite que seja feita a conversão do sinal senoidal em sinal quadrado e também o armazenamento da quantidade de pulsos lidos ao percorrer determinada distância para configuração do velocímetro ODG.
Neste modo o sinal lido será adequado e gravado para programação e funcionamento do velocimetro ODG.


Modo de funcionamento 3:
Conversor de onda senoidal em onda quadrada.
Converte o sinal senoidal lido em sinal quadrado, sem aplicar qualquer tipo de divisão.
A instalação deste produto deve ser realizada por profissional qualificado sob riscos de danos ao produto e/ou danos ao veículo.

Antes da instalação deste equipamento certifique-se de que as velas são resistivas e os cabos sejam supressivos, de boa qualidade e se encontrem em bom estado de conservação.
Não se engane com a aparência externa dos cabos, já que muitas vezes podem estar com a blindagem comprometida. Qualquer fuga nos mesmos certamente interferirá no funcionamento provocando acendimento errado.
O sinal de rotação deverá ser retirado do fio negativo da bobina (para veículos de bobina dupla existem dois cabos de sinal, devendo ser utilizado um dos dois) ou diretamente da central de injeção eletrônica através do pino do sinal de rotação que segue para o contagiros original.
Em veículos dotados de módulos multiplicadores de faíscas, o sinal deve ser retirado da saída predisposta para contagiros do próprio módulo. (Consulte o manual de instalação do módulo)
Faça um bom aterramento e utilize cabos de bitola igual ou superior aos utilizados no aparelho.
Certifique-se de que a instalação não sujeite o aparelho a interferências elétricas, como as provocadas por cabos de velas, relés, bombas elétricas, etc.

Em caso de dúvidas consulte nosso departamento técnico para mais informações.